Harmonização da ceia de natal com cerveja artesanal

Por: Pedro Jannotti

20/12/2017 às 18:28hs

Então é natal… uma época mágica onde as pessoas se reúnem, comem juntas e compartilham presentes.

Parte da tradição natalina, ao menos aqui no oeste, é reunir todos os familiares, amigos e entes queridos numa mesa de jantar onde as opiniões convergem (nem sempre para o bem, mas enfim… é família).

Nada combina melhor em uma boa ceia de natal do que boas cervejas para acompanhar.

Abaixo veremos como harmonizar os pratos típicos da ceia de natal com ótimas cervejas artesanais.

Ave assada

Um dos pratos mais tradicionais dessa época são as aves assadas: seja peru, frango, pato, cisne ou chester.

Harmonização de peru assado com cerveja artesanal

Carnes de aves costumam ser leves, mesmo com pele (onde esses animais possuem mais gordura, portanto mais sabor).

Dessa forma, para harmonizar uma cerveja artesanal com carne de aves é importante conhecer a receita.

Os condimentos e molhos utilizados vão fazer toda a diferença na harmonização, assim como o recheio.

Uma boa receita para essa época do ano é a receita de peru assado do Jamie Oliver, vídeo abaixo.

Essa receita traz um sabor mais herbal e adocicado pois utiliza ervas e frutas no preparo. O que é um excelente ponto de harmonização.

Cervejas com adição de frutas ou frutadas fazem a ligação com o prato. Uma escolha para não errar pode ser uma Weizenbier alemã.

Uma outra ótima cerveja para essa harmonização é a Kriek Boon, uma cerveja de fermentação espontânea e adição de cerejas dando um perfil ácido com presença de dulçor.

Uma brown ale também pode ser uma excelente harmonização com seus sabores de grãos, nozes e caramelo (quando moderado).

Já em receitas de peru assado temperados com dry rubs, condimentos fortes e pimentas é necessário que a cerveja tenha mais corpo e personalidade para lidar com esses sabores.

Receitas apimentadas vão bem com uma American Pale Ale, que possui amargor e teor alcoólico suficientes para cortar toda a riqueza dos temperos.

Bacalhau

Harmonização de bacalhau ao forno com cerveja artesanal
Bacalhau a Moda da Chef por Chef Iris Baldissara Pires

Ora pois… Comer bacalhau na ceia é uma tradição portuguesa que muitos seguem aqui no Brasil.

Bacalhau é um peixe magro e leve e é servido tanto cozido quanto grelhado ou assado.

Como não podemos deixar de repetir, o modo de preparo e os ingredientes que vão junto ao peixe devem ser considerados na harmonização.

Baseando nesta receita de Bacalhau a Moda da Chef do site Tudo Gostoso.

Podemos harmonizar a receita com uma bohemian pilsner, com o nível ideal de amargor para cortar através dos sabores do recheio e um sabor maltado que complementa a receita.

Panetone

Harmonização de panetone com cerveja artesanal

Panetone é bem controverso, pode ser a alegria de uns ou a frustração de outros (ainda mais quando servido como sobremesa).

Panetone nada mais é que um pão adocicado com adição de passas e frutas cristalizadas no seu interior.

Duas abordagens para uma sobremesa como essa seria cortar o adocicado com café ou incrementá-lo com chocolate ou caramelo.

Para isso uma porter bem equilibrada e pouco alcoólica com notas de café e chocolate funcionaria muito bem, assim como uma brown ale com seu sabor caramelado e notas de grãos e pão.

Uma outra boa pedida são as cervejas da escola belga. Uma dubbel pode funcionar muito bem com seu sabor e aroma que remetem a frutas escuras como uva passa.

Rabanada

Para mim a melhor sobremesa natalina, disparado.

Harmonização de rabanada com cerveja artesanal

Também me baseando na receita de rabanada do site Tudo Gostoso.

Essa sobremesa é de fácil harmonização, com ingredientes como pão, canela, leite e muito dulçor.

O café presente em uma stout ou em uma schwarzbier é uma excelente forma de cortar todo esse dulçor.

Uma weizen é uma boa escolha para acrescentar sabor pois cravo e canela combinam muito bem juntos.

O meu preferido para a situação é uma dunkel, com sabor caramelado e corpo mais leve.

Arroz natalino, nozes e castanhas e frutas secas

Harmonização de arroz natalino com cerveja artesanal
Arroz natalino pela Chef Andrea Tinoco

Arroz natalino é uma combinação de arroz branco, ervas como salsinha e cebolinha, castanhas e frutas secas (em geral damasco) e como tudo no natal, pode ter adição de frutas cristalizadas e passas em algumas versões.

Esse prato é bastante rico em sabores. Fica aí a dica de receita do Arroz natalino fácil de fazer do site GNT.

Apesar da tentação de harmonizar esse prato com as famosas trapistas, tome cuidado. As cervejas trapistas são muito intensas e, em minha opinião, muito mais intensas que esse prato.

Nada melhor para harmonizar com arroz do que uma Budweiser… hehe, brincadeira.

Uma cerveja que combinaria bem com esse prato seriam as witbiers, leves e condimentadas.

Se você quiser ir para o lado mais das castanhas um dunkel (menos caramelada) ou uma english mild fazem uma boa combinação.

Ceia completa

Apesar de ser interessante brincar com a harmonização para cada prato individualmente, uma ceia que se prese possui diversos pratos em conjunto seguido de uma sobremesa.

Dessa forma não é possível abrir uma cerveja para cada tipo de prato, mas é necessário fazer uma boa escolha de cerveja que acompanhe a refeição.

Vamos fazer a harmonização baseado em sugestões de refeições completas com prato principal, acompanhamentos e depois a sobremesa.

Sugestão 1

Peru assado com ervas e frutas, acompanhado de salpicão e arroz natalino, e como sobremesa uma torta ou pavê de chocolate.

Uma refeição completa e bastante tradicional.

A ceia contém muitos sabores adocicados como as ervas e as frutas do peru assado, do salpicão e do arroz natalino.

Não é do meu interesse adicionar mais dulçor nessa combinação. Uma boa cerveja para equilibrar essa combinação seria uma witbier condimentada com notas cítricas ou mesmo uma sour ale.

Ótimas sugestões nacionais seriam a Júpiter Tânger (witbier) com adição de especiarias e tangerina ou a Cambuça Blanche, com adição de cambuci.

Como sugestão de sour está a minha favorita Sournilla do 3Cariocas, caso você esteja no Rio de Janeiro ou a Berliner Weisse da Everbrew: Soul Sour.

Para a sobremesa, pavê ou torta de chocolate, uma schwarzbier encaixa de forma excelente. Uma boa pedida é o schwarzbier da cervejaria Bamberg.

Sugestão 2

Bacalhau a moda da chef, acompanhado de farofa e salada verde, e rabanada como sobremesa.

O bacalhau da receita citada é bastante interessante, mas ainda assim bem leve. Provavelmente, nessa combinação, o prato que traz sabores mais intensos é a farofa (que varia muito de um modo de preparo para outro).

Minha harmonização ideal para esse prato é a bohemian pilsner pois ela tem dulçor e amargor o suficiente para:

  1. acompanhar bem o prato como um todo; e
  2. cortar qualquer ingrediente mais rico presente na salada, preparando nosso paladar para a próxima garfada.

Um exemplo comercial muito bom é a Wäls Bohemian Pilsner.

Para a sobremesa uma brown ale será uma excelente combinação, com seu sabor de nozes, pão e caramelo.

Harmonize sempre

Harmonização é um processo de descoberta.

Seu paladar, suas experiências, suas preferências junto com novas combinações, sabores e aromas.

Não exite em tentar sempre novas combinações. Se uma combinação não deu certo, passe para a próxima.

As harmonizações citadas aqui são baseadas fortemente na minha experiência e meus gostos, talvez não seja a melhor para você, mas se você for tentar, conte-nos o que achou?

O que você mudaria nessas harmonizações ou quais outras harmonizações você pode sugerir?

Vai ser um prazer testá-las e voltar aqui para falar o que achamos.

Quer saber mais sobre harmonização? Leia nosso guia básico sobre como começar suas harmonizações.